Arquivo para produção independente

Guia de primeiros socorros para quem quer escrever.

Posted in literatura brasileira, literatura fantástica, literatura nacional, trabalhar como escritor with tags , , , , , , , on 02/06/2016 by André Vianco

criscris2 (1)

Oi!

Essa menina ai em cima é a grande escritora Cristina Lasaitis, Cris para os mais chegados.

Primeira coisa que quero dizer é que ela é, sem sombra de dúvida, uma das escritoras mais talentosas que eu conheço. Tudo o que ela escreveu eu adorei, com destaque para o seu mesmerizante “Fábulas do tempo e da eternidade” que, salvo engano de minha parte, lamentavelmente, está esgotado.

Uma delícia de passeio por um imaginário profundo e sedutor. Bem narrado, bem urdido e cheio de encantamento em contos feitos na medida certa. Não vou falar aqui qual é o meu favorito para não estragar o seu passeio caso bata de frente com essa preciosidade num sebo ou num Mercado Livre da vida.

Rasgação de seda a parte, estou passando aqui para deixar para vocês um link de um artigo que ela postou em 2013, mas que continua extremamente atual e em sintonia com muitas coisas que eu penso sobre a vida de viver de escrever, as expectativas e etc…

Leiam o “Guia de primeiros socorros para escritores iniciantes” no link:
https://cristinalasaitis.wordpress.com/guia-de-primeiros-socorros-para-o-escritor-iniciante/

Eu vivo ENCHENDO O SACO da Cris para ela começar logo um romance. Adoraria ler uma história longa dela.

Não se esqueça de se inscrever no blog dela.

Em tempo:

Aproveito o envio e a atenção para essa mensagem para dizer algo que precisa ser reafirmado na literatura de ficção como um todo, mas na de gênero em especial. TEMOS EXCELENTES “ESCRITORAS”. Mulheres, meninas, que estão ai, despejando em papel sua cota de sangue para deixar suas palavras para os olhos curiosos. Procurem ler nossas mulheres também. Elas não estão correndo por ai, com seus livros, fazendo propaganda feminista. Estão contando histórias fortes, de mulheres e homens fortes, como qualquer narrador e merecem toda nossa atenção.
Além da Cris, gosto muito do que outra Cristina escreve, a carioca-niquitense, Ana Cristina Rodrigues (Fantasia na veia, sem frescura e com deslocamentos incríveis), Giulia Moon (terror com romance e sedução), Flávia Cortês, Carolina Munhoz, Ana Lúcia Merege, Graciele Ruiz, Camila S. Aguirre (foi minha aluninha no Vivendo de Inventar, um orgulho!), Margareth Brussarosco (em breve novidades dessa escritora de mão cheia!) Felipe Castilho (foi meu aluninho na minha primeira oficina, orgulhão! Opa! Peraê! Não é menina, mas se quiser tá valendo, é muito talentoso!), e muitas outras. Procurem as mulheres da nossa literatura, isso só vai fortalecer o nosso conjunto narrativo.

Leiam as dicas da Cris e bom carnaval!

Abraços para quem é de abraços e beijos para quem é de beijos!

André Vianco

Como competir com Netflix, Marvel, DC, Disney e outras plataformas quando você é um escritor de Osasco?

Posted in aula online, literatura brasileira, literatura fantástica, trabalhar como escritor with tags , , , , , on 01/30/2016 by André Vianco

Não perca! Segunda-feira tem webinário novo e o assunto é:
Como tirar o leitor da frente do Netflix e grudá-lo em seu romance?

 

Hulk

Vai encarar, escritor/a?

Hahahahaha! Luta injusta, não é? Além dos adoráveis e libertadores serviços de streaming ainda temos que encarar Marvel, DC, Disney, vídeo-games, Candy Crush e tudo o mais, escrevendo solitariamente, em frente a nossos processadores de texto, diretamente de Osasco (no meu caso!), na esperança de que os leitores deem uma chance para nossas palavras encadeadas.
Agora, quer saber a real? Se você souber contar histórias, se a imaginação não te abandona, se você conhecer algumas dicas e um pouco de estrutura narrativa, seus leitores vão ficar tão encantados com sua criação que vão esquecer de assistir o próximo episódio de Jéssica Jones.

Quem gosta de escrever ou está começando nessa carreira difícil, mas possível, não perca meu novo webinário, segunda, dia 1º de fevereiro, 21 horas. Ao vivo e “de grátis”!

Registre-se, compartilhe, marque seus amigos e amigas que gostam de escrever.

O campo de preencher celular não é obrigatório, mas preenchendo você pode ser avisado por sms quando o evento estiver pra começar! Legal, né?

http://app.webinarjam.net/register/24235/41c27f89ae

Webinário ao vivo, hoje, dia 25 de janeiro de 2016!

Posted in eventos, literatura brasileira, trabalhar como escritor with tags , , , , , on 01/25/2016 by André Vianco

 

Young Sweethearts Busy Reading on Book and Tablet

 

Olá, gente que, como eu, gosta de contar histórias e escrevê-las.
Hoje, às 21 horas, farei uma webinário ao vivo e a cores. Vou falar um pouco sobre os caminhos da intuição na hora de contar sua história e da técnica. Uma depende da outra para que um livro único seja escrito.
Esse papo vai servir principalmente para aqueles/as escritores/as que ficam em pânico diante da página em branco. Como vencer a opressora página em branco? Só com a intuição não dá. Com técnica é possível. Hoje, 9 da noite. No Youtube Ao Vivo!

Esse é o link:
https://www.youtube.com/watch?v=XF1osSrnmTA

Compartilhe com quem você sabe que gosta de escrever. E participe, é divertido, é interessante é (arrogante a parte) é ministrado por um dos maiores best sellers da atualidade (cof, cof!).

Até lá. Não esquece de compartilhar essa informação!

 

 

 

Mude sua história.jpg

O que vem por ai.

Posted in audiovisual, coisas, literatura fantástica, literatura nacional, novidades!, trabalhar com cinema, trabalhar como escritor with tags , , , , on 01/21/2016 by André Vianco

Olá, leitores e leitoras!

Meu ano já começou bastante corrido. Apesar de eu passar a maior parte do tempo dentro do meu escritório, na Criamundos, a cabeça não para. São tantas ideias e tantas coisas para contar e para fazer… queria dias com 36 horas ou mais, hahahaha.

Mesmo em casa fico falando de minhas histórias e meus mundos imaginários que, aos poucos, vão vindo para o mundo real.

Esse ano a Criamundos está trabalhando para que nosso primeiro longa de baixo orçamento seja realizado, com a ajuda dos fãs, vamos lançar o projeto numa plataforma de crowdfunding. Apesar de já termos uma boa ideia do tamanho do filme e do jeito que ele será feito, com poucas diárias e poucos cenários para garantir que o orçamento fique realmente baixo, estamos todos entusiasmados aqui com as possibilidades. A história é muito boa e segura a recepção da primeira a última cena. Já escaletei o filme (que é fazer um resumo do que acontece em cada cena) e estou partindo para a escrita do mesmo. O título por hora é o sugestivo “Ao meu redor”.

Eu sei que um monte de gente vai comentar que eu deveria parar de perder tempo em fazer essas histórias pequenas e fazer logo “Os sete” ou “O Senhor da Chuva” e “O vampiro-rei”. Tá legal, sabichão, só você é genial o suficiente para pensar assim! Acontece que cinema é cara pra caramba e para começar tem que ser assim, devagar, na manha e na moral porque a indústria de cinema nacional, apesar de parecer imensa, se você tirar toda a grana que o governo injeta nas produções, é praticamente inexistente e são esses filmes menores em orçamento que fazem a coisa acontecer de verdade. Calma ai que “Ao meu redor” é uma puta história, com personagens incríveis e vai ser parte do processo pra levar a gente do cinema independente para um dia, algo mais audacioso como “Os sete”.

Na parte dos meus livros, Dartana sai esse ano, esperando que saia no primeiro semestre ainda e antes do fim do ano teremos outro grande lançamento porque já estou concebendo e investindo tempo no desenvolvimento do enredo e dos personagens que viverão “As crônicas do fim do mundo”.

Também tenho me dedicado ao curso online, “Da ideia ao livro”, se você escreve ou tem vontade de escrever um livro, sabendo técnicas que eu conheço e usando dicas que eu dou a todo escritor e roteirista, não perca chance de participar.

Terei aulas em janeiro e fevereiro, depois tenho que dar uma parada para que o livro novo seja escrito.

Visite o site Vivendo de Inventar e veja qual é a melhor data para você que tem ideias de montão, mas ainda não sabe exatamente como organizá-las para ter o seu livro escrito.

Segue o link:

Aprenda a organizar suas ideias e a conquistar leitores.

 

yay-12357536.jpg

 

 

Foi mágico!

Posted in a vida como ela é, audiovisual, eventos, literatura brasileira, novidades!, seriado!, trabalhar com cinema, vampiros with tags , , , , , , , , , on 12/12/2011 by André Vianco

Até agora estou revivendo os momentos daquela noite de terça-feira, 06 de dezembro de 2011.
Depois de uma chuva descomunal (coisa que sempre antecede meus eventos! #fato) os céus de São Paulo se apaziguaram e deixaram vir uma noite bem agradável. Cheguei com o pessoal da Criamundos, com o meu carro cheio de tralhas para o buffet que providenciamos e comecei a subir as caixas de pro secco que seriam servidas durante a noite (Poxa, no fim de semana fui a São Roque para comprarmos um bocado de vinho e ganharmos umas boas caixas do pessoal da vinícola Góes – obrigado ai pessoal!) e levando tudo para o saguão do cine Olido. Tá, vocês ainda pensam que escritor no Brasil é só glamour?! Hehehehehe! Se quer ter vida de popstar aprenda a tocar algum instrumento, a cantar e monte uma banda tipo Restart. O Leo Granado já estava lá na porta do cinema com a noiva e a mãe e é claro que ele já se prontificou de pronto para ajudar. O Leo é daqueles amigos que se um dia vc for pra guerra vc vai querer por perto, não tem braço curto e é sempre prestativo, além de ser um ótimo produtor (tirem os olhos que ele já é da Criamundos). Logo, com a ajuda da galera, a saber: Marisa, Andréia, Luna, primo Phelipe e Camilla Leite a recepção já estava armada. Uma hora antes do combinado O pessoal começou a chegar e se juntar formando aquela muvuca deliciosa de pré-estréia. Que coisa boa. Foi uma noite bastante emocionante, ver lá minha mãe, tias, primas e primos, todo mundo contente, os leitores mega-ansiosos para conferir na tela como as coisas tinham ficado.
Tinha tanta gente, tanta gente, que as duas sessões ficaram lotadas, coisa de 450 pessoas. E eu fiquei que nem barata tonta, tentando falar com todos os amigos e bater papo com os leitores, mas estava impossível.
Então chegou a hora, tive que ser arrastado do saguão para a sala de cinema, aquele escurinho gostoso, e o coração palpitando porque estava chegando a hora mágica (ficou meio gay isso, mas ainda estou emocionado, porra!). Falei algumas palavras, agradecimentos, a jornada. Depois veio a Marisa Samogin, esposa, mamãe das nossas filhotas (um capítulo a parte aqui para o blog), e diretora de produção megera irrascível, hehehehhe, como toda produtora de produção tem que ser. Acho que para mim foi a hora mais emocionante da noite, vê-la lá, apesar de nervosa, confiante, linda de preto (sempre foi coxuda essa mulé), falando para uma platéia de mais de 200 pessoas, toda emocionada, quase chorando, mas nem um pouco intimidada…. e quem conhece a dona Marisa sabe do que eu tou falando, ela é a timidez em pessoa para falar em público, e passou esse gene para nossa caçula Bruninha, mas falou bonito, agradeceu mais do que eu todo mundo que ajudou e colaborou para que o piloto de “O turno da noite” virasse verdade.

Foi muito bem ver os olhinhos brilhando dos leitores que acompanharam a materialização das palavras escritas em “O turno da noite” para a tela grande. Parece mágica né? Mas não foi mágica. Foi fruto de muita ralação de uma equipe imensa e corajosa que acreditou nesse sonho, como o Alan, da Seven Creative Visual Solutions (apesar do nome cheio de pepepê é uma empresa brazuca por natureza) e de toda a equipe da Seven que fez acontecer paredes explodindo, sangue percorrendo tecidos, disparos de armas e fogo e tudo o que um seriado de ação precisa ter e mostrar com competência. O Wagnão e Maurício Machado da M.3, estou para ver dupla mais bem humorada e disposta que aquela. Disposição é algo imprescindível em cinema, quando as gravações tem hora para começar, mas nunca tem hora para acabar, hahahaha. Agradeço também o querido Bruno Fai, o assistente de direção que sempre estava atento a detalhes importantes e buscando soluções para os empecilhos que iam surgindo no caminho. Toda a equipe de pré-produção foi fantástica também. A pré-produção é responsável por erguer a espinha dorsal do projeto e também funcionou como um Imozec da vida, reduzindo o cagaço do diretor a zero quando chegou o primeiro dia de filmar. Agradeço também aos atores que apostaram no projeto emprestando para nossa equipe seus talentos, rostos e voz, permitindo repetir aqui uma expressão; permitindo dar vida ao que só estava no papel. Enfim, agradeço a todos e todos que participaram do projeto, a grande maioria sem ver um centavo, mas cheios de vontade para fazer acontecer, recheados de pão de forma com queijo e presunto para ficar de pé.
Tenho que agradecer também aos leitores e amigos que ajudaram a concretizar a premiere, como o Jaime da Gráfica Sakura, os amigos da Livrarias Curitiba, a fotógrafa Cássia, da Cassiandri, que fez a reportagem fotográfica, a querida Andrea DeBonis, que fez o nosso “sanguinho engarrafado”, ao pessoal do sul que nos enviou o hidromel (os leitores adoraram! hehehe) da YGGDRASILL, ao pessoal da Galeria Olido também, que cedeu a sala de cinema, a prefeitura mandando bem na Cultura da cidade e não podia faltar também o meu muito obrigado a editora Novo Século que ajudou a custear parte da finalização do episódio piloto. Muito bom.

Dessa experiência a Criamundos, a M.3, a Seven e todos os profissionais sairam mais fortalecidos e mais experientes. Novos desafios virão e novamente veremos salas de cinema cheias de gente curioso para saber que loucura estamos aprontando dessa vez.

Evento: O turno da noite no cinema!

Posted in audiovisual, eventos, literatura nacional, seriado!, trabalhar com cinema, vampiros with tags , , , , , , , , , , , on 11/21/2011 by André Vianco

Banner do seriado "O turno da noite".

Banner do seriado "O turno da noite" com Milton Levi, Leo Rebelo, Tuti Muller, Mauricio Bettini e Rafael Dourado

Olá!

Conforme prometido, vim aqui deixar avisado que dia 6 de dezembro vai acontecer a primeira exibição do episódio piloto de “O turno da noite – episódio 1” em sala de cinema aqui em SP. O pessoal aqui da Criamundos organizou uma noite especial para toda a galera da produção e é claro que daremos também alguns ingressos para os leitores que acompanharam essa empreitada pelo blog do Vianco. A forma de concorrer ao ingresso será postada aqui no blog nos próximos dias.
Agora, quem não é de São Paulo -SP, não precisa ficar de bico, não. A Criamundos é muito democrática e poucos dias após a exibição aqui em SP o episódio será postado na web.

Para ir esquentando os motores assistam o teaser e o trailer:

trailer

*
*
*

teaser

Vídeo da Bienal do Rio de Janeiro.

Posted in a vida como ela é, audiovisual, eventos, literatura brasileira, literatura fantástica, literatura nacional, Uncategorized with tags , , , , , , , on 09/20/2011 by André Vianco

Abaixo assista o vídeo da minha ida a Bienal do Rio de Janeiro em 2011. Fui em ótima companhia, da esposa Marisa, da cineasta Liz Marins (Liz Vamp) e da escritora Cris Lasaitis, todas amigas e divertidas. Seguimos pela Dutra até o trevo de Barra Mansa onde peguei a estrada de Lídice, fazendo o caminho final pela Rio-Santos. Bem, as mulheres enjoaram um bocado nas curvas da serra e que me obrigou a fazer duzentas paradas, mas tudo bem né, afinal de contas a paisagem da Rio-Santos compensa qualquer parada… e viagem boa é assim, feita com tempo para apreciar a vista e as peculiaridades do caminho.