Arquivo de escrever

Dartana

Posted in literatura brasileira, literatura fantástica, literatura nacional, novidades!, Uncategorized with tags , , , , , , , on 03/24/2017 by André Vianco

Olá, queridos leitores!

 

Bem, Dartana foi lançao no final do ano passado sob o selo Fábrica 231, da gloriosa editora Rocco.

Tenho que contar que adorei o cuidado com o livro e toda atenção descomunal que a editora Rocco deu ao lançamento dessa obra. A editora Rocco tem um time de primeira linha que sempre atende prontamente toda e qualquer solicitação feita por seus autores nacionais. É tipo assim, uma editora dos sonhos para qualquer escritor. Nunca fiquei sem um email ou mensagem sem resposta por parte da diretoria de seu departamento Comercial e Marketing, realmente é uma editora incrível, recomendo a todos os escritores.

 

O livro Dartana ficou imenso! Impresso com 783 páginas, além de conter uma jornada apaixonante, também pode servir como arma branca para você leitor, enquanto estiver zanzando com o ele por ai.

 

A boa notícia para os leitores que se conectarem a essa nova viagem é que já passei da metade da continuação e, prometo, o livro terá algo por volta de 300 páginas, não farei vocês ficarem exaustos só de levar o livro na bolsa ou mochila.

 

Assista o vídeo que a Carol Sant gravou depois de ler Dartana e ficar boladona!

 

Adorei o entusiasmo da Carol.

 

Além de Dartana continuo firme e forte desenvolvendo outros projetos, outros livros, outros seriados e torcendo para que em breve tudo isso se materialize para você que adora viajar comigo pelo mundo do sombrio e do melancólico.

Além de escrever a continuação de Dartana e As crônicas do fim do mundo, já estou revisando Penumbra (A babá Osso Duro). Logo vocês, leitorxs, serão premiados com novas aventuras para ler e contar para os outros.

 

Abraços!

 

André Vianco

 

Guia de primeiros socorros para quem quer escrever.

Posted in literatura brasileira, literatura fantástica, literatura nacional, trabalhar como escritor with tags , , , , , , , on 02/06/2016 by André Vianco

criscris2 (1)

Oi!

Essa menina ai em cima é a grande escritora Cristina Lasaitis, Cris para os mais chegados.

Primeira coisa que quero dizer é que ela é, sem sombra de dúvida, uma das escritoras mais talentosas que eu conheço. Tudo o que ela escreveu eu adorei, com destaque para o seu mesmerizante “Fábulas do tempo e da eternidade” que, salvo engano de minha parte, lamentavelmente, está esgotado.

Uma delícia de passeio por um imaginário profundo e sedutor. Bem narrado, bem urdido e cheio de encantamento em contos feitos na medida certa. Não vou falar aqui qual é o meu favorito para não estragar o seu passeio caso bata de frente com essa preciosidade num sebo ou num Mercado Livre da vida.

Rasgação de seda a parte, estou passando aqui para deixar para vocês um link de um artigo que ela postou em 2013, mas que continua extremamente atual e em sintonia com muitas coisas que eu penso sobre a vida de viver de escrever, as expectativas e etc…

Leiam o “Guia de primeiros socorros para escritores iniciantes” no link:
https://cristinalasaitis.wordpress.com/guia-de-primeiros-socorros-para-o-escritor-iniciante/

Eu vivo ENCHENDO O SACO da Cris para ela começar logo um romance. Adoraria ler uma história longa dela.

Não se esqueça de se inscrever no blog dela.

Em tempo:

Aproveito o envio e a atenção para essa mensagem para dizer algo que precisa ser reafirmado na literatura de ficção como um todo, mas na de gênero em especial. TEMOS EXCELENTES “ESCRITORAS”. Mulheres, meninas, que estão ai, despejando em papel sua cota de sangue para deixar suas palavras para os olhos curiosos. Procurem ler nossas mulheres também. Elas não estão correndo por ai, com seus livros, fazendo propaganda feminista. Estão contando histórias fortes, de mulheres e homens fortes, como qualquer narrador e merecem toda nossa atenção.
Além da Cris, gosto muito do que outra Cristina escreve, a carioca-niquitense, Ana Cristina Rodrigues (Fantasia na veia, sem frescura e com deslocamentos incríveis), Giulia Moon (terror com romance e sedução), Flávia Cortês, Carolina Munhoz, Ana Lúcia Merege, Graciele Ruiz, Camila S. Aguirre (foi minha aluninha no Vivendo de Inventar, um orgulho!), Margareth Brussarosco (em breve novidades dessa escritora de mão cheia!) Felipe Castilho (foi meu aluninho na minha primeira oficina, orgulhão! Opa! Peraê! Não é menina, mas se quiser tá valendo, é muito talentoso!), e muitas outras. Procurem as mulheres da nossa literatura, isso só vai fortalecer o nosso conjunto narrativo.

Leiam as dicas da Cris e bom carnaval!

Abraços para quem é de abraços e beijos para quem é de beijos!

André Vianco