Archive for the Uncategorized Category

Bright: Quando Dia de Treinamento encontra O 5º Elemento

Posted in audiovisual, Uncategorized on 12/24/2017 by André Vianco

A Internet é mestra em causar, e lá está Bright na berlinda, recebendo tomates podres voadores na testa ou sendo aclamado e ovacionando por outra banda.

Bright é mais uma aposta espetacular e vencedora da Netflix que entrega ao mundo o que o mundo quer. Temos no filme dirigido por David Ayer (ainda que Esquadrão Suicida não seja uma boa lembrança para quem gosta mesmo de histórias bem contadas) que é muito envolvente.

BRIGHT_Unit_02691r1.0

De largada temos coisas muito boas para se dar crédito como a criativa mistura de gêneros narrativos e a escolha de entrar “ongoing” num mundo rico em fantasia e com sua cosmogonia bem cuidada, percebemos nas camadas mais profundas que tem muita história para se contar e não me espantaria que o longa fosse só a plataforma de lançamento de uma longa série. É tanta informação nas entrelinhas que a gente fica tonto com as possibilidades, mas estamos presos ao roteiro de cento e dez páginas para um filme de uma hora e 15 minutos, onde cada linha conta e cada minuto de produção custa caro (orçado em US$ 90 milhões de dólares, cada minuto na tela custou então US$ 750.000 e cada segundo de arte exige US$ 12.500) os roteiristas tem que saber muito bem o que vão escrever (cada suspiro de orc pode custar uns US$ 9.000,00 fácil!). Dai, voltando ao crédito da largada para não perder o fio da meada, o roteirista Max Landis, já sai quente (ongoing, como disse), sem explicar muito de onde veio aquele mundo onde humanos, orcs, elfos, fadas, centauros e todo esse kit da fantasia europeia fornece aos trabalhadores de imaginar, nos colocando direto no banal da vida de Ward, um policial que, depois de cumprir uma licença por tomar um tiro no peito e sair vivo, volta ao trabalho ao lado seu parceiro indesejado, Jakob, um orc. Não “um” orc qualquer. É o primeiro orc policial, detestado por toda a corporação, exilado por seus semelhantes de raça, abaixo em todas as cadeias sociais dos humanos e fantásticos. Isso já dispara o discurso da obra (como Blomkamp faz com maestria em suas ficções maravilhosas como Chappie e Distrito 9) que é a discriminação das minorias mágicas em Bright. Os elfos, donos do dinheiro, dos cabelos lisos e de toda a fleuma no filme, são meio que os WASP enquanto “todo o resto” luta para defender o seu pão naquele mundo miscigenado com cores e diferenças que ganham relevo em cenários que seriam pitorescos se não fossem tão comuns no nosso dia a dia de “alternativos marginais do mundo”. Em cinco minutos já estamos inseridos nessa peça Noir, Fantástica, Kitchen Sink Drama e é uma DELÍCIA.

Há ali vapores poderosos de Dia de Treinamento, afinal de contas é a velha história de parceiro novo, parceiro velho e vivido, diferente de Denzel em Dia de Treinamento, O policial Ward, vivido por Will Smith é o contrário do caráter torto do primeiro. É justamente sua retidão, sua impossibilidade de andar fora do livro de regras que o coloca em maus lençóis quando atendem a um chamado que os colocam diante do evento incitante dessa jornada onde os dois amigos sairão transformados. A máxima proximidade se dá na cena do pai orc inciando o filho orc no mundo das gangues, mas não vou dar spoiler aqui, não sou desses.

Quando surge Chica, a elfa, é a chegada de Leeloo Dallas (multipassss!), o “perfect beeing” à obra. Existe muita visitação a tudo que conhecemos de bem feito no fantástico e no drama e veja bem, estou dizendo que existe visitação atávica, de nossa memória, não estou dizendo que são homenagens e muito menos cópia. Não me espantaria muito que o mundo do Big Data onde Netflix, HBO GO, Prime Vídeo nadam não entregasse um bilhete com uma série de lembretes para os produtores e roteiristas levarem em consideração antes de darem o azeite final no roteiro.

Bright, como o título em inglês sugere, é um filme que tem seus momentos brilhantes. Na minha humilde opinião o roteiro erra de forma poderosa em dois momentos, em dois pontos nevrálgicos, mas a fluidez narrativa não se compromete e, para quem está assistindo com um saco de pipoca na frente, com os olhos brilhantes e prendendo o fôlego esperando a “página virar” não vai estar nem ai para esses deslizes, sério.

Vale muito a pena assistir essa boa mistura de gêneros, como disse, é um NOIR FANTÁSTICO, com um drama bem urdido e é uma alegria ver a fantasia tão bem representada nas telas trazidas pela nosso, por hora, benfeitora Netflix.

Quando o nosso querido Brasil vai acordar para o Fantástico Jovem Adulto no audiovisual? Não sei. Só com uma varinha de condão para abrir a cabeça das produtoras que ainda estão fechadas, assustadas e quietinhas no seu cantinho esperando mais uma linha de crédito do governo para salvá-las.

Mais eventos!

Posted in eventos, Uncategorized on 12/04/2017 by André Vianco

Olá, leitores!

 

Fim de ano chegando e essa semana ainda tem mais dois eventos para nos encontrarmos.

Dia 8 estarei na ComiCon 2017, farei parte de um painel com o amigo Affonso Solano. Venham e não percam esse encontro épico para criar mundos fantásticos ao vivo.

 

Já no dia 9, no sábado, às 16 hs, estarei na livraria Saraiva de Campinas-SP, no Shopping Iguatemi. Será meu último evento do ano. Aproveitem, é pertinho de SP, Vinhedo e Judiaí.

Tragam seus livros e venham bater papo comigo.

 

 

 

Penumbra está chegando!

Posted in Uncategorized on 10/14/2017 by André Vianco

Meu 17ª filhote, escrito de forma apaixonada para entrar na mente e no coração de vocês que seguem minha obra está chegando.

 

Estou deslumbrado com Penumbra. A história de Lana, uma menina que passou para o além e chegou a Penumbra, onde tudo tem que esquecer, fascina o leitor no primeiro instante.

 

” Era um bebê caído no gramado. Seu coração se comprimiu ao
encarar a neném pequenina deixada no chão. Lana olhou para todos os lados.
Não era possível! Tinha que ter uma mãe ali perto. Que não fosse a sua, mas
tinha que ter uma mãe. Quem deixaria uma nenenzinha jogada no chão? Lana
bufou contrariada. Estavam unidos agora. Mais uma criança perdida.
– Ela é tão magra! – murmurou Jorge, aproximando-se. – É tão pequena.
Deve estar faminta.
O vento sereno tinha virado ventania, contínua e fria. Apesar de não escutar
trovões após os relâmpagos, só podia estar mesmo vindo uma boa chuva.
– Temos que nos abrigar. Acho que tá escurecendo ainda mais.
– E a neném?
– Vamos levá-la.
– Mas e se a mãe dela não encontrá-la quando voltar?
Lana mordeu o lábio. A suspeita crescia, mas ela não queria contar para o
menino nem admitir. Não iria aceitar aquilo tão fácil, havia lutado muito para
continuar onde estava. Tinha se agarrado ao barbante, tinha fincado o pé no
chão. Não iria deixar sua mãe tão cedo. Iriam sair dali e se abrigar, porque a
chuva vinha, mas depois ela teria uma missão mais importante: voltar para casa.
Não ficaria naquele lugar. Queria voltar para casa. Estar ali não era certo. Ninguém
havia pedido sua permissão para separá-la da mãe. Tinha tantas coisas
para viver ainda. Tinha planejado uma porção de coisas. Conhecer o mar, o casamento,
a clínica veterinária onde cuidaria de dinossauros e unicórnios. “

o lançamento será dia 31 de outubro, halloween, na livraria Saraiva do Shopping Eldorado. 19hs.

Rio de Janeiro está confirmado para o dia 4, na Saraiva do Riosul. 19hs.

Outras datas e outras cidades estão a confirmar e logo posto aqui para todos.

 

convite Saraiva SP

Penumbra

Posted in Uncategorized on 05/27/2017 by André Vianco

Mais um livro escrito que será publicado neste ano de 2017!

 

“Penumbra” é um livro que contempla desde o título o meu pendão melancólico. Amo contar histórias que transitam nas sombras e que nos fazem lembrar que um dia também estaremos trilhando a nova jornada.

Não sou um homem que acredita nas coisas escritas na Bíblia por uma séria de convicções minhas (que podem perfeitamente estarem todas erradas! hahahaha!), mas acredito que nossa energia continua, de alguma forma.

Em Penumbra conto a história da jovem Lana vivendo sua jornada após o desencarne, tendo jurado que nunca se esqueceria do rosto de sua mãe. Acontece que, lá do outro lado, para seguir adiante, Lana precisa esquecer de tudo que viveu aqui.

Lana será guiada por uma entidade misteriosa e fria, a senhora Osso Duro, aquela que recebe as crianças mortas.

Um prato cheio para quem, como eu, ama as histórias obscuras e misteriosas.

“Penumbra” sairá pela editora Leya, a minha nova parceira para trazer para o mundo físico a histórias do mundo imaginado.

Um monte de gente vai perguntar, eu sei, “e a Aleph”?

Está tudo bem com a Aleph, essa transição ocorreu em comum acordo e vou legal para todas as partes. Vida que segue! Que a Aleph continue firme e forte, é uma editora incrível e que sabe cuidar de seus leitores.

A editora Leya promete trazer todo o meu catálogo de volta a vida para vocês leitores e vamos fazer um grande trabalho com cada obra que já publiquei e com cada original que está a caminho.

Penumbra será lançado para a Bienal do Livro de 2017.

 

Se você também gosta de contar histórias ou está querendo desenvolver o seu talento, inscreva-se na minha newsletter para escritores(as) e receba dicas de como conseguir começar sua carreira de autor(a) publicado(a).

Inscreva-se na Vivendo de Inventar aqui.

 

Abraços!

 

André Vianco

Dartana

Posted in literatura brasileira, literatura fantástica, literatura nacional, novidades!, Uncategorized with tags , , , , , , , on 03/24/2017 by André Vianco

Olá, queridos leitores!

 

Bem, Dartana foi lançao no final do ano passado sob o selo Fábrica 231, da gloriosa editora Rocco.

Tenho que contar que adorei o cuidado com o livro e toda atenção descomunal que a editora Rocco deu ao lançamento dessa obra. A editora Rocco tem um time de primeira linha que sempre atende prontamente toda e qualquer solicitação feita por seus autores nacionais. É tipo assim, uma editora dos sonhos para qualquer escritor. Nunca fiquei sem um email ou mensagem sem resposta por parte da diretoria de seu departamento Comercial e Marketing, realmente é uma editora incrível, recomendo a todos os escritores.

 

O livro Dartana ficou imenso! Impresso com 783 páginas, além de conter uma jornada apaixonante, também pode servir como arma branca para você leitor, enquanto estiver zanzando com o ele por ai.

 

A boa notícia para os leitores que se conectarem a essa nova viagem é que já passei da metade da continuação e, prometo, o livro terá algo por volta de 300 páginas, não farei vocês ficarem exaustos só de levar o livro na bolsa ou mochila.

 

Assista o vídeo que a Carol Sant gravou depois de ler Dartana e ficar boladona!

 

Adorei o entusiasmo da Carol.

 

Além de Dartana continuo firme e forte desenvolvendo outros projetos, outros livros, outros seriados e torcendo para que em breve tudo isso se materialize para você que adora viajar comigo pelo mundo do sombrio e do melancólico.

Além de escrever a continuação de Dartana e As crônicas do fim do mundo, já estou revisando Penumbra (A babá Osso Duro). Logo vocês, leitorxs, serão premiados com novas aventuras para ler e contar para os outros.

 

Abraços!

 

André Vianco

 

Novidades de abril

Posted in aula online, literatura brasileira, literatura fantástica, novidades!, Uncategorized with tags , , , , , on 04/21/2016 by André Vianco

Fala, gente.

Estou meio atrasado com meu blog, tudo isso porque tem uma porção de coisas novas acontecendo simultaneamente. Coisas boas!

Primeiro, estou preparando um website novinho em folha, todo lindão e que, em poucas semanas, estará no ar, integrando aqui com o blog também, quem segue minhas divagações por aqui não ficará orfão.

Também vivi essa grande mudança, juntando forças com a incrível equipe da Aleph para entregar para vocês uma repaginada em toda a minha obra. A parceria coma editora Rocco ainda segue firme e forte e a Rocco deve lançar, em breve espero, o meu querido Dartana.

 

Já a Aleph vai dar vida nova ao meu catálogo que encontra-se esgotado no momento. Tem um monte de gente reclamando que não consegue mais encontrar meus livros, mas isso era parte do processo, para um editora nova publicar tínhamos todos que esperar o estoque antigo esgotar. A boa notícia é que os livros sairão agora com capas incríveis e com textos revisitados por esse autor que vos escreve.

Esse mês comecei a escrever o primeiro livro que sairá pela Aleph, ainda é segredo secretíssimo, mas é de terror, claro. Todo melancólico e sombrio, bem daquele meu jeito que vocês adoram. “As crônicas do fim do mundo” parte 2 tem que esperar até o primeiro trimestre de 2017 por questões contratuais. Não chorem e nem esperneiem, o livro está ficando incrível e vai valer a pena esperar esses meses a mais.

Adoro todos vocês que ficam me cobrando continuações. Já pedi para o papai-noel cinco clones de meu cérebro inventor de histórias para que todas as continuações que vocês me cobram e os personagens que vivem na minha cabeça pedindo para sair venham a luz das letras. Vamos torcer para o papai-noel me atender!

Vejam como a Aleph me deixou com cara de bravo!

 

2016-04-14 08.11.20

 

Para encerrar esse post, também andei bastante corrido com o lançamento dos meus cursos “Vivendo de Inventar” e o anúncio da minha ainda germinal agência para desenvolvimento de autores, a Wolfpack.  Veja aqui: Cursos Vivendo de Inventar.

Está dando um trabalhão danado, mas é daqueles trabalhos gostosos, daqueles que a gente sabe que está construindo algo para fazer diferente e fazer diferença. Quem gosta de empreender sabe do que estou falando e não deve se espantar com esse meu espírito inquieto e indômito. hahahahaha.

 

Eventos chegando! Não perca!

Posted in Uncategorized on 11/28/2015 by André Vianco

Como todos sabem (ou já deveriam saber, hum!) estou lançando meu décimo quinto romance agora, no final de 2015.

“Estrela da Manhã” é uma história de terror que conta as desventuras de Rafael, um garoto com nome de anjo, e vive sendo perseguido por um valentão no colégio. 

O problema é que Rafael não recebe a ajuda de ninguém e, sentindo-se vulnerável, procura através de tutoriais na web uma forma de evocar seu falecido pai para o protegê-lo. É claro que o ritual não dá certo e agora Rafael tem problemas bem maiores do que o valentão do colégio para enfrentar.
  
Anote aí as datas e locais de encontros com leitores para celebrar esse acontecimento:
1 de dezembro, São Paulo, livraria FNAC do shopping Morumbi, 20 hs.

4 de dezembro, Campinas , livraria Leitura do shopping Don Pedro, 19 hs.

6 de dezembro, Rio de Janeiro , Primavera Literária – Museu da República , 16 hs.

7 de dezembro, Brasília, livraria FNAC do Park Shopping, 19 hs.
Depois das festas de fim de ano volto aqui com agenda nova e outras cidades!

1 de Dezembro 2015, lançamento oficial de “Estrela da Manhã”!

Posted in eventos, literatura brasileira, literatura fantástica, literatura nacional, novidades!, Uncategorized with tags , , , , , , , , on 11/20/2015 by André Vianco

Como muitos sabem estou publicando em uma casa nova.

Continuo lançamento romances pela Rocco, mas agora também estou publicando pela Giz Editorial, sob o selo Calíope (por que será que escolhi esse nome para abrigar os meus títulos? hehehehe!).

 

O lançamento oficial será dia 1 de dezembro, na livraria FNAC do shopping Morumbi, às 20 horas. Venham participar dessa noite incrível e marcante.

Outras cidades serão visitadas e tão logo eu tenha a relação volto a postar aqui no blog e também na minha página no facebook. Se você ainda não me segue no facebook, é uma boa hora de entrar lá e curtir minha página para ficar por dentro de tudo o que está acontecendo na minha carreira.

Segue o link:

Página André Vianco

 

O primeiro livro a ser lançado dentro dessa nova parceria será o meu mais novo terror, escrito especialmente para essa ocasião, “Estrela da Manhã”.

Nesse livro conto a história de Rafael, um menino frágil e sensível, que sofre a perseguição de um grupo de valentões na escola. Em casa, não encontra apoio da mãe relapsa nem do irmão mais velho. Perdido, tenta encontrar na internet, através da tela de seu smartphone, tutoriais de rituais para reencontrar seu pai morto. Ele acredita que somente algo vindo do além poderá ajudá-lo.

O menino é tão persistente que finalmente sua voz é ouvida do outro lado. No entanto, quem responde ao seu chamado não é o pai, mas uma entidade que promete protegê-lo de seus detratores durante sete dias. Rafael só quer ser protegido, por isso entrega à entidade a lista com os nomes dos que o aborrecem. Só quando a primeira pessoa de sua lista morre ele descobre que seu pesadelo está apenas começando.

The Veil

Posted in Uncategorized on 08/18/2015 by André Vianco

516+w-7XxkL._AA324_PIkin4,BottomRight,-60,22_AA346_SH20_OU32_

The Veil – Amazon

Faz um tempinho que venho olhando para a Amazon e o seu programa KDP de autopublicação. Acho uma ferramenta interessantíssima para autores independentes, autores novatos e, por que não, também interessante para autores já estabelecidos.

O sistema permite uma liberdade legal, você pode se arriscar em contos curtos e até mesmo romances.

A propaganda é que você publica de graça, mas não é bem assim. Para ter uma história final publicada decentemente você precisa passar por alguns processos que existem no mercado convencional. Por exemplo, não pode abrir mão de uma (ou duas) revisões decentes, dar uma boa preparada no texto e criar narrativas envolventes para que seu produto tenha visibilidade.

O grande barato é experimentar e, muito em breve, volto aqui para comentar.

E já que a palavra é experimentar, experimentei. Lancei ontem, 17 de agosto, meu primeiro conto em inglês. Contratei uma tradutora, a querida Cherie, que fez um trabalho muito bom no curto conto “O manto” que foi publicado originalmente pela Tarja na antologia “Visões de São Paulo” nos idos de 2006. “O manto” foi uma das sementes para mais tarde eu escrever “O caminho do poço das lágrimas”.

Visitem o link da Amazon. Quem curte ler em inglês vai gostar da diversão.

http://www.amazon.com.br/Veil-English-Andr%C3%A9-Vianco-ebook/dp/B0141UZARM/ref=sr_1_1?ie=UTF8&qid=1439915119&sr=8-1&keywords=the+veil+vianco

Está querendo escrever um livro?

Posted in Uncategorized on 11/05/2014 by André Vianco

Escrever um romance é um desafio que começa nem sempre começa na página 1. É muito mais que isso. Escrever um livro é criar um compromisso entre você e sua história. É preciso ter paixão e disciplina. E quando o livro fica pronto? Será que ele tem as qualidades que o mercado editorial está buscando? Assista o vídeo e ouça algumas dicas minhas que podem ajudar o seu livro ser escolhido no meio das pilhas de originais que chegam as editoras.