Archive for the a vida como ela é Category

O caso Laura – Rio de Janeiro

Posted in a vida como ela é, eventos, literatura brasileira, literatura fantástica, literatura nacional, novidades! with tags , , , , , , , , on 04/09/2011 by André Vianco

O lançamento do novo livro “O caso Laura” não poderia ter sido melhor. Foi uma noite muito especial a da última quarta-feira, dia 6 de abril. Entrar numa livraria e se deparar com uma fila de leitores e uma porção de amigos é algo comovente. Adorei a presença de cada um de vocês.
Quem quiser conferir como foi é só clicar no vídeo anexado ao post para ter uma ideia da noite de estreia de “O caso Laura”.

Tentarei postar fotos e vídeos dos eventos que eu conseguir registrar nessa book-tour. Domingo, dia 10 é a vez de São Paulo, seguindo para Campinas dia 12. A lista completa e detalhada dos eventos vc encontra aqui no blog mesmo clicando em “eventos” no menu ai ao lado.

obrigado a todos!

e vamos em frente!

Book Trailer “O caso Laura” e primeira resenha no Diário de São Paulo

Posted in a vida como ela é, eventos, literatura brasileira, literatura fantástica, literatura nacional, novidades! with tags , , , , , , , on 03/31/2011 by André Vianco

Olá,

Duas novidades contemplam meu novo livro “O caso Laura”.
Segunda-feira saiu a primeira resenha comentando a história de Laura, Marcel e Alan. Confesso que fiquei bastante feliz e orgulhoso com as palavras encontradas na matéria que foi um bocado elogiosa. Surpreso também, porque o livro ainda nem chegou às lojas e uma resenha feita com uma prova mostra que o jornalista Roberto Pompeu foi pego pela narrativa e a devorou em poucos dias. “O caso Laura” está estreando com o pé direito.
A manchete da resenha de página inteira também é simpática: “Ele já falava de vampiros antes de Crepúsculo”.
Nunca me preocupei demais com os textos das matérias jornalísticas na fase crepusculete da mídia. Nego me ligava e perguntava o que eu achava de “Crepúsculo” e nem perguntava nada sobre meus outros 12 livros publicados. Era surreal. Nem precisamos nos afundar numa análise profunda para entender a razão de isso ser assim, assuntos como comportamento de manadas e tantas outras teses viriam a baila, tudo para explicar que é tudo desse jeito mesmo, a população vai atrás daquilo que está em voga. Também não posso reclamar da fase crepusculete do mercado, haja vista que as vendas de meus livros vampirescos saltaram a olhos vistos e que, no fim das contas, os filhotes da Meyer fizeram surgir milhares de leitores do Vianco por conta da onda de vampiros. O que me deixava chocado era a falta de tato de muitos jornalistas que se abalavam nem sei de onde para vir ao meu escritório ou minha casa para perguntar o que eu achava de Crepúsculo e ponto. E se por ventura perguntavam sobre meus livros, não raro ouvia expressões de espanto com a quantidade de livros publicados, a quantidade de livros vendidos, a diversidade de assuntos e títulos abordados… quer dizer, eles nem sabiam com quem estavam falando. kkkkkkk. Por isso que uma matéria que conta um pouco de mim para o público de fora das livrarias me deixa contente e faz com que eu me sinta reconhecido como autor nacional. Acho que esse é anseio bem comum a todos que se arriscam no mundo das letras, que escrevem para serem lidos e comentados. Muitos autores nacionais de nossos dias ainda terão essa alegria, de encontrar seus livros resenhados em jornais e revistas e ter seu trabalho respeitado. Um abraço e um muito obrigado ao Roberto Pompeu e também ao time de profissionais do Diário de São Paulo.

Leia a resenha seguindo o link: http://www.diariosp.com.br/index.php?id=/viva/noticias/materia.php&cd_matia=50684

Book Trailer

A segunda boa nova é que foi posto no ar hoje o book trailer do livro “O caso Laura”. Foi produzido pela equipe da Seven (que está trabalhando nos efeitos visuais e pós-produção do seriado “O turno da noite”) e que mais uma vez está de parabéns.

Assistam e divulguem, por gentileza.

Vejo vcs nas próximas noites de autógrafos (tá chegando!) – confiram a lista de eventos na minha página de eventos ai do ladinho.

bjs pra garotas, abraços pros carinhas!

André

Pintando por aqui.

Posted in a vida como ela é, coisas with tags , , on 02/16/2011 by André Vianco

Ontem a tarde fui pintar minha tatoo de dragão. O trabalho do tatuador Marcos é muito bom. O site dele parece que está fora do ar no momento, mas deixo aqui o link para vc tentar mais tarde porque o site é muito maneiro www.tribaldelic.com.br Se disser que é leitor do Vianco ainda ganha desconto.

Eu sou um cabra macho, cascudo e só costumo reclamar de incomodo quando tenho cólica renal e olha lá, mas vou ser sincero, ontem a sessão de tatoo doeu pra caralh***, uma hora deu vontade de levantar, pegar aquela maca dos infernos e quebrar nas costas do tatuador. kkkkkk.
Ele explicou que estava aplicando um efeito degradê nas escamas do bicho e por isso precisava voltar com tinta mais clara em cima de onde já tinha tatuado e fincando aquelas agulhas infernais. Bem, a boa dica para quem quer entrar nas agulhas infernais pra estampar arte no corpo é abstrair. Respire fundo e mande ver. No final das contas, das milhares de picadas, se vc escolheu o desenho certo e o tatuador certo, pimba, tem um lance legal estampado na derme.

Fora a dor excruciante que vc joga pra debaixo dum tapete no cérebro, as sessões de tatoo são bem relaxantes. hahahaha. O tatuador deve ser um tipo de terapeuta, pq fica lá 2 a 3 horas trocando ideias, batendo-papo e, inevitavelmente, tatuador e tatuado acabam entrando em papos mais cabeças e sobre as coisas mais comezinhas da vida.

Estou postando essa foto, a tatoo não é em 3D, é minha pele que tá inchada ainda, a sessão foi ontem as 18h, por isso o braço tá lambrecado de pomada. Quando tiver terminadinha posto outra foto aqui pra vcs.

abraços.

André

Não, a tatto não é 3D, é que a minha pele ainda está inchada mesmo.

Posted in a vida como ela é, literatura brasileira, literatura fantástica, literatura nacional, novidades! with tags , on 02/11/2011 by André Vianco

Olá.

Almocei com o pessoal da editora Rocco essa semana e tenho boas notícias. O novo livro (O caso Laura) está confirmado para o mês que vem e deverá ser lançado no dia 21 de março. Ainda não definimos o local, mas o primeiro encontro com leitores deverá ser no Rio de Janeiro, cidade onde fica a editora. É claro que faremos outras noites de autógrafos que integrarão esse grande lançamento, afinal de contas não é todo dia que a gente lança o 13° livro da carreira. Faz a gente lembrar de um bocado de coisas e um bocado de gente. Lembrar de quando eu tinha só o primeiro livro, impresso por conta própria, levando o “Os sete” de livraria em livraria aqui de SP, roendo as unhas e imaginando se vcs iriam mesmo gostar da história louca de sete vampiros presos numa caixa de prata. Ainda bem que deu certo. hahahah.

Bem, é o meu primeiro livro publicado pela Rocco, eles estão dando um tratamento super dez para esse autor que vos escreve e estão dando o melhor tratamento para o livro pensando em todos vcs.

Vcs que moram em cidades que eu nunca visitei, mandem suas sugestões aqui nos comentários do post, vou encaminhar para a Rocco e ver por onde irei passar. Uma coisa importante é ter uma boa livraria ai na cidade que faça o convite a este autor.

Logo volto com novidades aqui no blog.

bjs e abraços.

André

Vou disponibilizar um trecho do livro nos próximos dias para dar um aperitivo para vcs que estão curiosos.

Um ano novo, um mundo novo.

Posted in a vida como ela é, coisas, novidades! with tags , , , , , on 01/03/2011 by André Vianco

2010 passou rápido como cometa e 2011 já está ai, com as horas correndo, cheio de dias novos para vermos e fazermos coisas novas.

A agenda deste ano promete, tanto para mim quanto para meus leitores queridos. Primeiro que em março sairá “O caso Laura” pela editora Rocco, um segundo seriado, ainda secreto, já esté em pré-produção para presentear todos nós. O piloto do seriado “O turno da noite” terá sua pós-produção concluída nestes primeiros meses e logo devo exibí-lo a todos vocês e, o mais importante, quem sabe já não tenha conseguido uma TV para exibir uma possível temporada completa.

As ideias não param e as boas novas também. Com os trabalhos de pré-lançamento de “O caso Laura” concluídos poderei me dedicar aos outros livros já começados, como “A noite maldita” e um segundo, de alta fantasia, com feiticeiras, soldados e deuses de outros mundos.

Ainda estou aqui em casa, em Osasco, cuidando da minha caçulinha… o anjinho tá com a asa quebrada. Peraltices de crianças, de irmãs, rendeu uma fratura quase no punho da dona Bruninha. Rádio e ulna. Dos males o menor, é uma fratura chatinha, mas ao menos não foi exposta e a recuperação, de acordo com o médico, será 100%. Mas vai dizer isso prum papai faixa preta 3º dam. Não tem jeito, a preocupação consome até os ossos. hahaha.

Natal em casa, 2010

Giulia, Nathalia e Bruna (o anjinho da asa quebrada).

Espero que antes do final de janeiro ela esteja liberada para novas estripulias e possamos pular na piscina, no mar, no rio. E vamos que vamos.

Eles estão chegando 2

Posted in a vida como ela é, audiovisual, eventos, literatura nacional, seriado!, trabalhar com cinema, vampiros with tags , , , , , , on 10/19/2010 by André Vianco

Olá! Sábado passado segui de São Paulo a Teresina para a 11ª Feira do HQ da capital do Piauí. Lá fui muito bem recebido pelo professor Mario David, o quadrinista Bernardo e toda a equipe do evento. Logo de cara, no primeiro dia, fui brindado com uma apresentação de live action baseada no livro “Os sete”. Duplamente interessante para mim, que sou pai das crias e pelo fato de nunca ter assistido ou visto um live antes.

Domingo fiz um bate-papo com os leitores de Teresina, que apareceram em boa quantidade. Fiquei contente com a cordialidade dos leitores e a participação de todos. Mais tarde, às 11h30 da manhã aconteceu uma mesa-redonda com Mario David, Aristides Oliveira, Bernardo e eu. Falamos sobre a cultura do terror na literatura, no cinema e nos quadrinhos. No final do dia ministrei uma breve oficina de roteiro de HQ, me despedindo do evento.

O calor de Teresina é um capítulo a parte. Não tive nenhum ataque de “pilora”, graças aos céus, e junto com os organizadores do live action e da feira de HQ fui conhecer “O casarão”, um restaurante muito simpático, cheio de pedidinhas certeiras com seus pratos variados de comída típica piauiense. Vale o passeio.
Outro restaurante que descobri mais tarde com a dona Marisa foi o “Coco Bambu”. Dai fica a pergunta, pq não tem um Coco Bambu em SP? A comida é uma delícia, as bebidas bem feitas e com gostinho de desce outra e as sobremesas um espetáculo. Comi uma torta de banana que não erro em afirmar que foi a torta mais gostosa que já comi na vida.

A única coisa que sentimos falta no passeio, onde estive acompanhado pela minha esposa, foram de pontos turísticos para visitar na capital. É claro que passamos pela casa do Mestre Dezinho no centro da cidade, onde apreciamos o artesanato local e os doces e bebidas da região, mas faltou lugares para visitar.

Central de Artesanato Mestre Dezinho

Todo lugar mais bacana e com estrutura para o turista ficava a coisa de mais de 130km de distância, como Castelo do Piauí, Piripir, Sete Cidades, Cachoeira do Urubu. O litoral piauiense somava uma distância de 343 km de ida, uma distância razoável, mas impraticável para um bate volta. Dai que fomos então até a Localiza ao lado do aeroporto e alugamos um carro, um Novo Uno zeradinho, e pegamos a estrada. Os 340 km percorridos de ida e volta da BR 343 (e um pedacinho da BR 222) revelou um Piauí bem diferente do que eu esperava, com vegetação vasta e paisagens pitorescas que não combinavam com o sertão que tinha pré-concebido na mente. Tomamos rumo do Parque Nacional Sete Cidades, recheado de formaçãos rochosas milenares, pinturas rupestres e quetais. A rodovia, apesar da desvantagem da pista de vai e vém, é bem conservada, o limite de 80km por hora foi uma surpresa ruim, mas nem por isso deixei de me divertir com o Uninho. Gostei um bocado da relação de marchas e o modelo mil rendeu bem, com baixo consumo e uma pegada boa para um mil nas ultrapassagens. O senão ficou no porta malas do bichinho que, praticamente, desapareceu. Cheguei ao parque Sete Cidades faltando uma hora para ele fechar : ( fail… vi pouca coisa e sem guia. Tai um bom lugar para voltar. Em contrapartida tive tempo de visitar o que pode vir a ser meu novo hobbie, catalogar pequenos cemitérios sertanejos perdidos nos vilarejos desse brasilzão.

cemitério nos arredores de 7 cidades

Mas como bem sei que vcs pouco estão ligando para as minhas peripécias turismo aventurescas, vamos o que interessa. Uma nova foto de um personagem de O turno da noite.

Da um ligo no Bruno.

Vampiro Bruno

O Bruno será interpretado pelo ator Rafael Dourado.

Voltei para São Paulo na madrugada dessa terça-feira e, logo depois de um cochilo preguiçoso, voltei pro escritório para dar andamento no mundo de “O turno da noite”. Fazendo aqui de tudo para que vcs possam apreciar essa novidade na íntegra o quanto antes.

abraços.

André Vianco

Chegou o primeiro dia de filmagem!

Posted in a vida como ela é, audiovisual, literatura brasileira, seriado!, vampiros with tags , , , , , , on 08/24/2010 by André Vianco

Chegou o grande dia, a linha de largada. De 25 de agosto a 12 de setembro gravaremos o primeiro episódio do seriado “O turno da noite”.

O grande barato é ter postado aqui cada avanço da produção. Finalmente o grande dia. Pensei que estaria pilhado, nervoso, ansioso, incerto e tudo o mais nessa véspera de inicio de filmagens, mas não, a equipe toda fez um trabalho fabuloso de pré-produção que estou me sentindo imensamente tranquilo com o primeiro dia de gravação. Se possível, a cada dia, tentarei postar alguma coisinha, curiosidades, erros e acertos e fotos se possível.

Estou feliz. Creio que todos ficarão de queixo caído com o resultado. Os atores são fabulosos, os cenários estão incríveis, o roteiro é foda (cof cof cof…) e teremos um primeiro episódio de cair o queixo.

Prometo uma estréia no cinema pra vcs… fiquem atentos ao blog para saber como descolar o seu ingresso. Aviso que serão limitados, então fiquem por aqui pra saber como concorrer ao seu.

mil beijos.

aviso a amigos, editores, família, leitores que estarei temporariamente offline. Voltando a ter vida própria depois de 12 de setembro.

André

A montanha-russa

Posted in a vida como ela é, seriado! with tags , , , on 08/06/2010 by André Vianco

Bem, faltam menos de duas semanas para o início das filmagens. A equipe de pré-produção já está em transição para a fase de produção e as coisas vão se ajeitando.
Ainda não me deu aquele frio na barriga que sinto quando vai chegando dia de lançamento de livro novo. Acredite, com 12 livros publicados sempre me dá uma agonia quando vai chegando o dia do lançamento. Parece que foi ontem que fui até a gráfica na Barra Funda e apostei todas as minhas fichas na publicação independente de “Os sete”. Parece que foi ontem aquela noite de fevereiro onde juntei um punhado de amigos e vizinhos para a primeira de centenas de noites de autógrafo que vieram depois. Faz dez anos. Dez anos.

É, eu já tive mais cabelo.

Os amigos passaram por lá!

Muita coisa mudou desde então. Os sete vampiros desconhecidos, que habitavam só minha cabeça, passaram a não ser mais meus e povoar a mente de milhares e milhares de leitores e saindo da cabeça de cada um deles como uma leitura diferente. Coisas surpreendes aconteceram, conheci muita gente, muita gente nova, muitos lugares, livrarias, livreiros, leitores e leitoras.

Amigos antigos, amigos novos, amigos ainda por aqui.

Pessoas especiais. Que ficarão para sempre na memória. Os sete passaram de livro para literatura acadêmica de TCC´s mundo afora (pois é, mundo afora), apresentações teatrais, quadrinhos, vão indo para TV e logo mais cinema.

Já sai comentado em revistas, já ocupei posições nos mais vendidos, já fui o mais vendido do gênero, já palestrei para milhares de pessoas, e sim, ainda sinto um friozão na barriga em noite de lançamento. Por que? Talvez porque eu seja um contador de histórias, um cara que adora engabelar o leitor, criar mundos e personagens que agarrem o leitor pelos olhos e o envolvam no mais genuíno mistério da fascinação por aquilo que é tão irreal, uma representação elaborada na imaginação jogando a vocês pessoas e cenários improváveis, e é ai que eu começo a esperar… esperar que esse leitor se apaixone, se apaixone por minhas histórias tal e qual eu sou apaixonado por elas.

O turno da noite volume 3 foi lançado na livraria Book Stop em Osasco, livraria do amigo Paulo.

E como é natural das paixões, de imediato não esperamos mais nada, só o envolvimento a retribuição. Ai eu sinto aquele típico frio na barriga quando cruzamos com os olhos de nosso objeto de desejo quando vai chegando a hora de me encontrar com vcs, leitores, numa noite de lançamento de uma nova história. Ela vai passar a viver com vcs também.
Ainda não experimentei esse calafrio frente a chegada das filmagens de “O turno da noite”. Mas uma hora dessas esse friozinho na barriga vai chegar. Afinal de contas é uma equipe imensa contando comigo, contando com o comando do diretor quando o set estiver todo preparado. Agora, o que é certeza, é o frio na barriga, igual de montanha-russa, quando chegar o dia da primeira exibição desse bebê vampiro que é piloto do seriado. Haverá uma exibição em sala de cinema, com muitos de vcs que lêem essas linhas agora, sentados nas poltronas, no escurinho, vendo se desenrolar os primeiros segundos, deixando as pupilas se dilatarem e a luz da tela acessar seus nervos ópticos e invadir seus cérebros desencadeando um milhão de sinapses para liberar no fim das contas um sorriso nos lábios e o meu tão desejado encantamento. Será que eu conseguirei essa façanha em movimento também? Tadá! Viu? É ai que vem o frio na barriga.
Espero que adorem “O turno da noite” e, como nos livros, divirtam-se a valer!

abraços pros caras
beijos pras gatas

e nos trombamos uma hora dessas.

André Vianco

A noite maldita

Posted in a vida como ela é, literatura fantástica, literatura nacional, novidades! on 06/30/2010 by André Vianco

O novo livro já passou da metade. É verdade que coisas aconteceram e andaram me roubando a atenção no último mês. Contudo, minha vontade e meu desejo de escrever é latente, está sempre me rondando e vai aos poucos voltando ao seu patamar habitual. Ideias nunca faltam nem o incentivo de todos vcs leitores que, diariamente, mandam mails cobrando o tão esperado livro novo.

A cada semana que passa mais páginas vão se juntando no original. Escrever é isso, perseverar, acreditar que um dia, depois de ter começado lá atrás na opressora página 1, um calhamaço de suas 500 páginas estará realizado e um novo livro estará em nossas mãos, rompendo a barragem que represa a história, deixando de habitar só meus miolos, e inundando o imaginário de vocês também. E pelo amor de Deus, que nenhum de vocês chegue com a cara mais lavada do mundo, todo contente, pra me contar que leu o livro em meros 5 dias ou menos! Eu levo um ano para escrever o negócio e vcs tem o desplante de lê-lo em poucos dias. “A noite maldita” vai ser mais uma daquelas histórias para se degustar enquanto vai conhecendo as novas personagens e reencontrando as antigas.
Preciso confessar também que estou louco para chegar ao final de “A noite maldita” para já tomar as redeas de um novo mundo, um novo desafio. Preciso fazer muita yoga para não colocar a carroça na frente dos bois, mas isso já é um problema do bem. hahahaha.

Devo postar por aqui nos próximos dias um trechinho de “A noite maldita”. Algum pedacinho que acenda suas lombrigas literárias.

Paralelamente a tudo isso, a produção do piloto de “O turno da noite” continua bem empolgante. A maioria das locações já foram definidas e semana que vem começam os testes de atores.

Quem enviou mail pedindo para participar como ator ou figuração fique de olho na caixa postal.

Toda sorte.

beijos.

André Vianco

Expandindo horizontes

Posted in a vida como ela é, literatura brasileira, literatura fantástica, literatura nacional, novidades! with tags , , , , , on 06/21/2010 by André Vianco

Editora Novo Século

Editora Rocco

Quero partilhar com vocês, meus leitores, uma grande novidade em minha carreira de escritor. Agora, além de publicar pela sempre grande parceira editora Novo Século, alguns de meus livros sairão também por uma nova parceira associada a essa empreitada (que é divertir e encantar todos vocês com meus escritos) a editora Rocco. Nada muda no que já foi publicado, pois a editora Novo Século continuará com todos meus livros sob sua tutela e publicando as novidades vindouras no gênero de terror e horror, o que muda é que a partir de agora os livros abrangendo a temática de fantasia, comédia e etc sairão pela nova parceira. Não tenho dúvidas de que com a chegada da Rocco representando alguns de meus novos trabalhos minha presença como escritor no cenário nacional só tem a ganhar, ampliando-se um bocado. Depois de um longo papo com a equipe da Rocco e também com o próprio Paulo Rocco, traçamos algumas ideias e caminhos para os livros vindouros.

Esse ano ainda lanço “A noite maldita”, livro do universo de vampiros ligado a saga de “Bento”, pela Novo Século e é possível que saia também esse ano meu primeiro filhote pela nova amiga Rocco, trazendo “O caso Laura” para os leitores.

O terreno de “A noite maldita” já é bem conhecido, a grande novidade são personagens interessantes que chegam e por seus olhos fazem o leitor descobrir como foram as primeiras horas depois do feitiço lançado pela bruxa Tereza que acabou assolando não só as cidades brasileiras como o mundo todo.
“O caso Laura” é um livro de mistério, estou chamando de um livro “policial dark”, que pega o leitor já na primeira página. Um investigador particular (Marcel) é contratado para investigar Laura, que se encontra todas as tardes com um misterioso senhor. Justamente quando Marcel muda o foco de sua investigação, passando mais tempo atrás desse homem, as coisas começam a ficar bem estranhas.

Espero que curtam essa novidade tanto quanto eu.

Abraços,
André Vianco