Arquivo de vianco

Em São Joaquim da Barra – Agosto de 2011

Posted in eventos, literatura brasileira with tags , , , , , , , on 10/05/2011 by André Vianco

Vídeo da Bienal do Rio de Janeiro.

Posted in a vida como ela é, audiovisual, eventos, literatura brasileira, literatura fantástica, literatura nacional, Uncategorized with tags , , , , , , , on 09/20/2011 by André Vianco

Abaixo assista o vídeo da minha ida a Bienal do Rio de Janeiro em 2011. Fui em ótima companhia, da esposa Marisa, da cineasta Liz Marins (Liz Vamp) e da escritora Cris Lasaitis, todas amigas e divertidas. Seguimos pela Dutra até o trevo de Barra Mansa onde peguei a estrada de Lídice, fazendo o caminho final pela Rio-Santos. Bem, as mulheres enjoaram um bocado nas curvas da serra e que me obrigou a fazer duzentas paradas, mas tudo bem né, afinal de contas a paisagem da Rio-Santos compensa qualquer parada… e viagem boa é assim, feita com tempo para apreciar a vista e as peculiaridades do caminho.

O Rio de Janeiro e sua bienal 2011

Posted in eventos, literatura brasileira, literatura fantástica, literatura nacional with tags , , , , , , , , on 09/09/2011 by André Vianco

Esse ano tive o enorme prazer de participar mais uma vez (deve ser minha quarta vez já!) da Bienal do Rio de Janeiro.
Bienal é sempre um prazer para os escritores que estão de bem com a vida, hehehe, é hora de reencontrar os amigos livreiros, os amigos leitores, toda sorte de amigos, passear um bocado e sair para os botecos.
Cheguei no Rio na sexta-feira, em ótima companhia, diga-se de passagem, trazendo comigo minha esposa Marisa, Liz Marins e a Cris Lasaitis. Saimos de madruga daqui de Osasco, dei um pulinho no Paraíso e no Tatuapé para apanhar as amigas e cinco da matina já estávamos a caminho da capital fluminense.
No meio do percurso decidi ir pela Rio-Santos, descendo a serra de Lídice, desembocando em Angra dos Reis para que o trio de mulheres (que enjoou nas curvas da Rio-Santos, obrigando a uma dúzia de paradas, hehehe) conhecesse o trecho entre Angra, Mangaratiba e Rio. Lugar bonito.

Chegando ao hotel no Recreio, reservado pela Novo Século, eu e a Má descansamos um pouquinho e logo partimos para o Rio-Centro, que de Centro não tem nada! #failname ! O bom de estar no Recreio dos Bandeirantes é isso, pelo menos cheguei em dez minutos ao destino.

Conversei com um bocado de leitores e autografei um tantão de livros no stand da Novo Século naquela sexta-feira. Os leitores que estiveram por lá puderam assistir o episódio piloto do seriado “O turno da noite” na íntegra. Ouvi uns gritinhos quando a Calíope entrou em cena. Se no livro ela já arrasava corações, no seriado televisivo deve cativar uma legião de fãs ainda maior.

Vi pela primeira vez, ao vivo, as capas novas da coleção vampiresca de Os Sete e do mundo de Bento. Com a saga de Bento uma peculiaridade, os nomes dos livros foram alterados. Sugeri isso conversando com meu editor (Luiz Vasconcelos) porque recebo muitos mails de leitores que começam a ler a saga a partir de Vampiro-Rei 1 por desconhecer o início em Bento (putz, agora pouco tirei sarro do failname do Rio-Centro e cá estou eu arrumando uma cagada minha, tsc tsc). Erro mais do que justificado. Para orientar o leitor agora os livros passam a fazer parte da saga Vampiro-Rei, tendo o livro 1 o nome de Bento, o livro 2 o nome “A bruxa Teresa” e o livro 3 o nome “Cantarzo”. Todo esse rocambole aconteceu porque, como conto em meus encontros com leitores, quando comecei a escrever “Bento” fui dominado por um processo totalmente instintivo, sem roteiro, sem saber onde aquilo tudo ia acabar, e não acabou, continuou em mais páginas e páginas de aventuras com o surgimento da figura do “vampiro-rei”.

Essa desorientação com meus títulos me faz lembrar uma passagem pitoresca ocorrida poucas semanas atrás. Uma leitora que tinha todos os meus livros me mandou um mail pedindo que eu explicasse a ordem de leitura de TODOS os livros. Queria minúcias sobre essa ordem, porque ela estava indignada porque ninguém sabia, quando ela BAIXOU os arquivos pdf piratas ela não encontrou nenhuma orientação. hehehehe. Que responder para uma criatura com uma cara de pau dessas???? Procura no Google, né. hehehehe. Bem, eu realmente não fico indignado quando dizem que baixaram meus livros no site trambiqueiro do PDL, mas achei engraçado a pessoa vir pedir orientação para mim. Até que faz sentido, se pode ir direto a fonte, por que não fazê-lo? ^^ A sorte que tenho, por enquanto, é que meus livros são longos e os PDF´s do PDL acabam divulgando a obra, porque é um saco ler mais de 300 páginas num monitor. Sei que o futuro do livro é digital, a internet não vai mudar o mundo do livro, já mudou, mas creio que o livro eletrônico tem que ser mais que simplesmente um arquivo de texto.

Voltando aos rolês da Bienal, na sexta-feira ainda tivemos pique para o cocktail organizado pela Bienal do Livro no Parque Lage. Cara, que lugar! Muito lindo aquele palacete. A festa estava boa e ficou melhor com a presença de grandes amigos do mercado livreiro, como Luiz e Nilda Vasconcelos, Max Mallman, Eugênia (Rocco), Thalita Rebouças e Cal, o Paulo Rocco e seu filho também estavam lá, dei oi para Janda e mais um bocado de gente. A Marisa levou o carro de volta ao hotel porque minhas funções automobilísticas estavam inoperantes. Mais do que bom senso é dever de um bom manguaça entregar a chave para alguém em bom estado. E no Rio as blitz da Lei Seca não perdoam, é uma por esquina.

No sábado foi o dia do encontro com leitores no stand da Rocco. Sábado o Rio-Centro estava coalhado de gente, público digno de uma bienal, com direito a fila para estacionar e demora na bilheteria. É, eu esqueci meu livro no carro e tive que comprar um ingresso pra mim (12 reais mais pobre) e segui para o stand. A Thalita Rebouças ainda estava lá autografando sua fila interminável de fãs, coisa linda de se ver. Meus leitores também fizeram uma fila formidável, compareceram em peso, e passei duas horas tratando dos livros de todos que estiveram lá, com o maior prazer.

Um breve clipe de “O turno da noite”

Posted in audiovisual, literatura brasileira, trabalhar com cinema with tags , , , , , , , , , on 09/05/2011 by André Vianco

Bem, o dia de apresentar o primeiro episódio de “O turno da noite” vem chegando.
Abaixo segue um trailer para vcs sentirem um gostinho.

Estamos tentando abrir uma sessão no final de outubro em um cinema de São Paulo, fiquem atentos aqui ao blog pois iremos sortear alguns ingressos diretamente daqui.

Vivendo de inventar.

Posted in audiovisual, eventos, literatura brasileira, literatura fantástica, literatura nacional with tags , , , , , , on 06/17/2011 by André Vianco

Tá quase acabando o espaço na estante. ^^

Olá.
Muitos leitores mandam mails pedindo dicas para fazer aquela ideinha para um grande romance deslanchar e se tornar o seu primeiro romance. Muita gente chega a terminar um livro, com uma história muito boa, mas por alguma razão mística não consegue publicá-lo. Essa situação é mais comum do que se pensa. Muitas vezes o/a autor/a novato acaba errando em pequenos detalhes que garantiriam ao menos uma avaliação justa de uma boa editora. Muitos editores recebem mais de 50 originais nacionais por semana e a maioria desses originais acaba sendo rejeitada já na primeira página.
Já outros autores conseguem obter a primeira publicação, mas depois não sabem como dar continuidade ao processo de se estabelecer como um escritor profissional, viver da produção de sua literatura e pagar as contas com direitos autorais. Estabelecer uma carreira de escritor/a não é nem um pouco fácil, mas é bastante possível. Primeiro é preciso descobrir se você está disposto a assumir esse compromisso e começar a avançar nesse caminho pelo menos sabendo para onde mais ou menos você quer ir.
Resolvi fazer um encontro em São Paulo exclusivo para passar muitas dicas usando da experiência que ganhei nesses últimos 11 anos atuando no mercado de literatura para novos autores e todos aqueles interessados em conhecer como funciona o mercado editorial brasileiro. Se você é uma das pessoas que quer entender melhor o mercado e a arte de escrever romances, inscreva-se pois as vagas são limitadas.
Como é necessária todo uma estrutura para fazer isso, o curso será cobrado. Se você quer viver de literatura e ter uma ideia do que é ser um escritor profissional vai valer muito a pena o investimento.

Esse evento será no dia 23 de julho de 2011.
Carga Horária: 8 horas (9h às 18h)
Valor: R$390,00 (3X R$130,00, 5X R$78,00 ou com 10% de desconto a vista).
Local: Av. Brigadeiro Luiz Antônio, 2050 – Ala B – 1º. Andar – BelaVista – São Paulo/SP
Mais informações através do e-mail criamundos@uol.com.br ou pelos telefones (11) 3683-4599 (11) 3682-6046 com Marisa Samogin ou Andréia Melo (das 10h às 18h).

OBS: SE VC ENVIOU MAIL PARA A CONTA CONTATO@CRIAMUNDOS.COM E FICOU SEM RESPOSTA, LAMENTO, TIVEMOS ALGUNS PROBLEMAS COM ESTA CONTA, POR GENTILEZA LIGUE OU MANDE MAIL PARA CRIAMUNDOS@UOL.COM.BR.

Os dias…

Posted in Uncategorized with tags on 06/01/2011 by André Vianco

Os dias vão passando e os leitores do blog cobrando novidades. A novidade é que ando produzindo um bocado, trabalhando com o roteiro do longa e o próximo livro, dai acontece do querido blog do Vianco ficar assim, em branco. Mas logo logo posto coisas novas aqui pra vcs.

abraços.

De volta ao escritório ou Lugar de escritor é no escritório. ^^

Posted in a vida como ela é, audiovisual, literatura brasileira, literatura nacional with tags , , , , , on 05/10/2011 by André Vianco

Depois de realizar eventos em 13 cidades, com 14 apresentações, bate-papos e autógrafos, estou de volta ao escritório e já com a mão na massa.
Ainda falta terminar o finzinho do roteiro de longa-metragem que comecei dois meses atrás, levei o notebook na mochila por todos esses dias, mas foi impossível terminar o filme. Só consegui parar no hotel para escrever um pouco em Curitiba e Brasília. A maioria dos dias de viagem foram corridos, acordando cedo, entrando em avião e chegando a outra capital de outro estado.

Foi ótima essa booktour promovida por mim e editora Rocco. Todos os eventos estavam cheios, com média de 60 pessoas por cidade, o que permitia um bom papo com todo mundo. Uma boa parte da tour, na região sul do pais, fui acompanhado pelo atencioso João Alécio, a quem agradeço todo o cuidado para que tudo desse certo nos eventos envolvendo as livrarias Curitiba. Encontrei muitos outros amigos que promovem a cultura por ai, como o querido Adão, da Fnac Porto Alegre, a Mauricélia em Brasília (adorei conhecer a turma toda da Saraiva ai), passear com a familiares em Belo Horizonte foi divertido e rever os amigos de Fortaleza, Aragão, Clarice, Chell, Iuri, e tantos outros.

Cerveja no Mercado Modelo - Salvador

O saldo do “passeio” foi positivo. Até o da balança. Voltei uns 3 kg mais cheio, hahaha, culpa de tantos chopinhos aqui e ali e metade disso adquirido em Fortaleza, terrinha que indico para todo mundo conhecer.

“O caso Laura” está lançado e o livro vem colecionando elogios. Abaixo alguns links de resenhas para conhecer um pouco a opinião dos leitores.

http://www.liumlivro.com/2011/04/resenha-o-caso-laura-andre-vianco.html

http://carolchiovatto.wordpress.com/2011/04/19/resenha-do-livro-o-caso-laura-de-andre-vianco/

http://www.skoob.com.br/livro/resenhas/159468

http://she.nerdssomosnozes.com/2011/05/na-minha-estante-o-caso-laura.html?utm_source=twitterfeed&utm_medium=twitter

http://oliterata.blogspot.com/2011/04/o-caso-laura.html

Ávore da preguiça em Jericoacoara - CE

Fortaleza foi a cidade que escolhi (não à toa) para terminar a booktour. A Marisa me encontrou por lá e passamos 4 dias passeando pelo Ceará, indo conhecer o marivilhoso vilarejo de Jericoacoara. Quando eu postar o vídeo da booktour vcs poderão conferir algumas das paisagens do lugar.

Agora, de volta a São Paulo é hora de arregaçar as mangas e voltar a criar histórias para povoar a imaginação de todos vocês. Como disse antes estou nos finalmentes de um roteiro de longa-metragem e já com metade do “A noite maldita” escrito. E tem mais coisas vindo por ai, só não posso ainda divulgar por enquanto. Grande abraço a todos.

No Programa do Jô

Posted in a vida como ela é, literatura brasileira, literatura fantástica, literatura nacional, novidades!, vampiros with tags , , , , , , , , on 04/21/2011 by André Vianco

Para quem não assistiu a entrevista na madrugada do dia 21 de abril de 2011, aqui está o link para assistir via Youtube.

Fotos do lançamento em São Paulo

Posted in a vida como ela é, eventos, literatura brasileira, literatura fantástica, literatura nacional, novidades! with tags , , , , , on 04/20/2011 by André Vianco

Entrevista com Jô Soares em abril 2011

Olá. Essa semana fui entrevistado mais uma vez por Jô Soares. Minha primeira aparição foi em 2001. Essa semana, 10 anos depois, dei a entrevista completamente nervoso mais uma vez. Isso que dá ser entrevistado por um de seus heróis. hahahaha.

Bem, segue nesse post mais fotos da tarde de autógrafos em São Paulo celebrando o lançamento de “O caso Laura”.

Uma tarde fantástica em São Paulo!

Posted in eventos, literatura brasileira, literatura fantástica, literatura nacional, novidades! with tags , , , , , , on 04/11/2011 by André Vianco

Sabe como é mulher, né. Eu já falo que vou sair umas duas horas mais cedo do que preciso, mas não tem jeito, a dona Marisa sempre da um jeito de eu sair atrasado para os eventos em SP. Incrível. O que dizer então de uma casa comanda por 4 mulheres? Pq ontem aconteceu o q eu eu temia, por volta das dez da manhã a patota feminina saiu de casa para ir ao cabeleireiro. Marisa e as 3 pequerruchas. Ainda bem que eu menti o horário pra sair, consegui chegar SÓ 20 minutos atrasado para o encontro com blogueiros. Tá, o trânsito ajudou também a complicar um pouquinho, pq toda vez que eu lanço livro em SP, chove. Vai entender.

Valeu a pena esperar minhas meninas. ^^

1° encontro com blogueiros em SP

Agora, o que interessa mesmo, é que a tarde de lançamento do livro “O caso Laura” em SP foi um sucesso. Desde o evento com os blogueiros, que foram, compareceram, trocaram impressões sobre o livro novo e conversaram comigo sobre novos e possíveis projetos até a recepção dos leitores que compareceram em peso ao evento. Olha, passaram mais de 300 pessoas por lá, um bocado delas trazendo os famosos bolinhos de livros, que agora aumentou em uma unidade.

Espero, de coração, que vcs adorem esse livro igual a todos os outros.

Estou imensamente grato a presença e paciência de todos que apareceram por lá e esperaram naquela fila imensa cerca de duas a três horas para conversar comigo. Muitos dizem que o momento que chegam a minha mesa para trocar algumas palavras é um momento especial, pois acredite que igualmente especial para mim também, independente da quantidade de gente que eu tenha falado no dia.

Logo mais posto alguns vídeos bem interessantes aqui pra vcs conhecerem meus leitores. Essas poucas fotos ai são só um aperetivo.

abraços.

Grande Neiva, leitor há uma década já, acompanhando os eventos. Obrigado pela presença!

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 13.932 outros seguidores